O que a dor nos rins pode indicar?

A dor nos rins pode causar diversos problemas de saúde como: alterações nas funções do próprio órgão, infecções ou problemas de coluna. Sabendo disso, é importante frisar que estas complicações podem estar relacionadas a diferentes sintomas dependendo do seu diagnóstico.

Os rins estão localizados na parte de trás do abdômen, logo abaixo da caixa torácica, de cada lado da coluna. Logo, dores localizadas nas laterais ou no meio das costas podem estar vindo dos seus rins. 

Você sabia? Sabe-se que traumas externos respondem pela principal causa de morte entre os jovens. De 3 a 10% daqueles que sofreram trauma apresentaram lesão no trato geniturinário, sendo o rim o órgão mais prejudicado.

O traumatismo renal é principalmente decorrente da:

  • Desaceleração brusca da velocidade: em acidentes automobilísticos;
  • Contusão: em queda de alturas, impactos na região lombar, quedas de bicicletas, acidentes automobilísticos;
  • Perfuração: em ferimento com projétil de arma de fogo, facadas e fraturas de ossos.

 

O que significa ter dor nos rins?

A dor nos rins, também conhecida como dor renal, é causada pela lesão, deficiência ou infecção dos rins. 

Os rins são um par de órgãos em forma de feijão situados em ambos os lados da coluna, que são responsáveis ​​por filtrar o sangue, eliminar o excesso de líquidos e resíduos, além de também manter o equilíbrio correto de fluidos e eletrólitos no corpo. 

A dor no local pode ser descrita desde monótona e latejante até aguda e grave, dependendo de sua causa. Embora a dor nos rins às vezes seja confundida com dor nas costas, a sensação é muito mais profunda e localizada acima dos quadris, na parte superior das costas e logo abaixo das costelas.

A dor renal pode ser classificada como unilateral (se um rim for afetado) ou bilateral (se ambos os rins estiverem afetados). Isso pode fornecer uma pista sobre se o problema é intrínseco (ocorrendo dentro dos rins), pré-renal (relacionado a um órgão acima dos rins) ou pós-renal (relacionado à obstrução ou distúrbio abaixo dos rins).

 

Quais são as causas da dor?

As causas podem variar 

Pedras nos rins 

A presença de pedras nos rins provoca uma sensação de dor intensa, e que pode direcionar-se para a barriga (abdome) ou órgão genital.

Além dos sintomas citados anteriormente, a dor provocada por essas pedras causam grande dificuldade para a pessoa urinar e fazem hajam alterações em sua cor, podendo tornar-se rosa, avermelhada ou marrom devido a vestígios de sangue. 

Infecções 

Os sintomas infecciosos geralmente são relacionados à dores agudas no fundo das costas (abaixo das costelas), dor ou ardência ao urinar, ter vontade frequente e incessante de urinar, e provocar um cheiro muito forte na urina.

Em alguns casos, outros sintomas como febre, calafrios, náuseas e vômitos também podem ser sentidos pela pessoa dependendo da gravidade da infecção. 

Rim policístico 

Se trata de uma doença hereditária na qual nódulos vão crescendo em diferentes tamanhos no interior dos rins, e que se estiverem em número elevado podem causar deficiência no funcionamento do órgão, causando desta maneira o que se chama de insuficiência renal. 

 Nos primeiros anos, o rim policístico pode não causar qualquer tipo de sintoma enquanto os cistos ainda são pequenos. No entanto, à medida que vão surgindo e aumentando seu tamanho e número, os cistos podem provocar sintomas como: alteração da cor da urina (devido a presença de sangue), pressão arterial alta, dor de cabeça constante, dor na parte inferior das costas, e inchaço no abdome. 

A pessoa que possui esta enfermidade é mais suscetível a ter infecções urinárias e renais frequentes, e consequentemente, a tendência a ter pedras nos rins. 

ATENÇÃO: Caso você esteja sentindo 2 ou mais destes sintomas é de extrema importância consultar um médico para avaliar o funcionamento dos seu rins, pois mesmo que não seja sinal de rim policístico, estes sintomas podem indicar um incorreto funcionamento do órgão.

 

Existe tratamento?

Para alguns casos sim. Separamos os casos para que você entenda melhor: 

Pedras nos rins 

O tratamento é feito de acordo com o tipo de pedra formada, podendo incluir o uso de medicamentos analgésicos, alterações na alimentação, e até mesmo tratamento a base a laser. 

Os cálculos renais são quebrados com ondas de choque (laser) que são aplicados através da pele. As pedras são fragmentadas em pedaços pequenos, e consequentemente são eliminadas espontaneamente ao urinar. Este procedimento pode ser feito com sedação. 

Infecções 

Durante o tratamento da infecção deve-se ingerir muita água, para ajudar a eliminar o microorganismo causador da dor nos rins, e fazer o uso de antibióticos sempre seguindo as orientações de um médico. Além disso, alguns analgésicos ou anti-inflamatórios também são indicados para aliviar a dor. 

Rim policístico 

Ainda hoje não existe tratamento específico para a dor nos rins causada pela doença do rim policístico, no entanto estão sendo feitos diversos estudos com medicamentos para inibir a evolução e progressão desta enfermidade. 

Mesmo que o tratamento não seja 100% efetivo, a pessoa que buscá-lo para esta condição deve ser orientada por um nefrologista a tomar medicamentos analgésicos para aliviar suas dores. Além disso, o paciente pode também passar por cirurgias devido a esta complicação. 

Encontre o médico ideal para tratar a sua dor nos rins ou qualquer outro sintoma que esteja te incomodando aqui. 

 

Recomendações para portadores de rim policístico

Portadores de rins policísticos devem observar e ter os seguintes cuidados:

  • Manter os níveis da pressão arterial nos valores adequados; o ideal é que eles sejam iguais ou estejam abaixo de 120 mmHg por 80 mmHg;
  • Encaminhar os parentes próximos, de primeiro grau e maiores de 18 anos,  para avaliação das condições renais;
  • Beber bastante água (o necessário para a urina ficar clarinha); 
  • Evitar a ingestão de cafeína em excesso;
  • Ficar longe do cigarro.

 

Liz Uyesaka

Liz Uyesaka

Estudante de Design Digital, começou a escrever artigos para mídias sociais logo no início do colégio. Apaixonada por escrita, tem como objetivo informar e trazer o melhor conteúdo para a plataforma da Vitta!

Deixe o seu comentário