Mercado de saúde para médicos empreendedores: riscos e oportunidades

Você é médico e pensa em empreender? O mercado de saúde oferece diferentes oportunidades para a atuação profissional. Porém, antes de mudar os rumos da carreira e buscar uma dessas oportunidades, é importante conhecê-las bem e, mais do que isso, estar ciente também dos riscos.

E isso é essencial porque para empreender com sucesso é preciso conhecer bem o mercado de atuação e se certificar de ter o perfil certo para vencer no meio. A falta de conhecimento nesse sentido, bem como a falta de planejamento, estão entre as principais causas do fracasso. Uma situação pela qual você certamente não quer passar!

Empreender é o caminho certo?

A rotina de um profissional da medicina é, na maioria das vezes, bastante intensa. Nem sempre a relação entre tempo x esforço x faturamento é atraente. Por isso, surge o interesse na possibilidade de empreender.

Os conhecimentos adquiridos ao longo da faculdade e com os anos de prática profissional podem ser bastante úteis para quem busca essa mudança, mas é preciso saber fazer esse paralelo, sobretudo na prática.

Para encarar o mercado de saúde é preciso saber lidar com crises, realizar testes, superar e corrigir erros,  reconhecer padrões, estar disposto a pesquisar e aprender a tomar decisões. Tudo isso, da porta do consultório para dentro e da porta do consultório para fora.

Em outras palavras, é preciso aprender a lidar com o negócio, estudar o mercado, gerir pessoas e administrar finanças. A seguir, as oportunidades de riscos apresentadas vão te ajudar a saber se a mudança é, de fato, interessante para você.

Conheça e aproveite as oportunidades do mercado de saúde

Surgimento de novas tendências na área

O avanço tecnológico, aliado à evolução das demandas sociais, abre espaço para o surgimento de tendências e novas formas de atuação no mercado de saúde. São mudanças que abrem espaço para modelos de negócios diferentes e inovadores.

Há, por exemplo, uma demanda crescente nas áreas de medicina comportamental e telemedicina (aquela que utiliza a tecnologia para apresentar informações médicas a pacientes e, também, a colegas que trabalhem a distância).

Crescimento do número de pacientes na Saúde Suplementar

O total de beneficiários de planos de saúde médico-hospitalares com 59 anos ou mais cresceu 1,7% entre março de 2016 e março de 2017. O crescimento segue na contramão do mercado, que registrou queda de 2% no mesmo período. Confira esses e outros números do setor referentes ao primeiro trimestre de 2017.”

É o que informa o relatório publicado pelo Instituto de Estudos em Saúde Suplementar (IESS), apontando para um cenário mais favorável para os médicos que desejam empreender. Sobretudo, para aqueles que compreenderem as oportunidades de atender aos idosos, levando em consideração, também, o aumento da expectativa de vida dos cidadãos e sua busca por uma vida sempre saudável.

Mais dinheiro circulando no setor

A saúde é uma das áreas que recebeu aumento de investimento público. Mas não é só em função do governo que há mais dinheiro circulando no setor. Mais uma vez, o desenvolvimento tecnológico aparece como fator positivo para quem atua no mercado de saúde.

Isso porque são crescentes os investimentos em startups que oferecem produtos e soluções inovadoras para a realização de tratamentos e para os cuidados com a saúde em geral.

O setor é conhecido como health tech e apresenta demanda e potencial cada vez maiores no Brasil e no mundo. E isso faz com que o mercado para quem atua na área se torne cada vez mais amplo e cheio de possibilidades.

Tecnologias capazes de facilitar as rotinas de gestão

Ainda que conhecimentos adquiridos ao longo dos anos de experiência com a prática médica possam ser úteis para a rotina do médico empreendedor, a gestão do próprio negócio pode se tornar um desafio.

Por isso, ter à disposição softwares de gestão médica faz a diferença e contribui para o sucesso de quem passa a encarar uma rotina ainda mais cheia de responsabilidades e tarefas.

Saiba quais são e previna-se dos riscos do mercado de saúde

Dificuldade em lidar com os planos de saúde e glosas

Um dos principais desafios para os gestores de empreendimentos no mercado de saúde é conseguir alinhar a comunicação e os acordos com os planos de saúde e escapar das famigeradas glosas médicas.

Não raro, instituições médicas contam com um profissional especializado para essa conferência e negociação, tanto em função do prejuízo quanto dos transtornos gerados. Há situações que se transformam em disputas judiciais e se arrastam por longos períodos, agravando o problema.

Por isso, não saber lidar com a questão ou não contar com apoio ou uma tecnologia que possa facilitar o processo é um risco real para o médico que deseja empreender.

Concorrência fortalecida e sofisticada

Empreender é uma atividade que atrai cada vez mais profissionais. Alguns são movidos por situações de instabilidade econômica no país, enquanto outros partem em busca de oportunidades de crescimento e realização profissional.

Independentemente do motivo, o fato é que os novos rumos do mercado de saúde fazem com que a concorrência aumente cada vez mais. Portanto, quem deseja atuar dessa forma precisa saber que vai encontrar pelo caminho muita gente bem preparada e amparada. E, portanto, é crucial planejar-se e educar-se corretamente para enfrentar esse mercado.

Dificuldades em adotar as novas tecnologias

Quando falamos das oportunidades do mercado, as tendências e ferramentas que surgem com o aporte da tecnologia apareceram como fator positivo para quem deseja empreender na área da saúde.

Porém, há quem prefira não acompanhar as novidades e se manter acomodado em mercados pouco promissores ou, ainda, não buscar compreender o poder e importância das ferramentas de gestão. E isso é um risco grave.

Pode parecer que, ao se lançar no empreendedorismo, o melhor é se manter fazendo tudo da mesma forma como sempre soube fazer. Porém, ter um bom senso de oportunidade é uma das características que fazem um bom empreendedor e, por isso, é preciso se adequar e fazer bom uso do potencial das novas tecnologias.

Agora que você já conhece os riscos e oportunidades do seu mercado, que tal saber quais são os obstáculos mais comuns à gestão de clínicas?

avatar

admin

6 Comentários

  • André P. Azevedo
    6 de novembro

    Artigo interessante! Gostaria de receber mais dicas para empreender na área.

  • Bruno Mello
    6 de novembro

    A concorrência é o principal aspecto que leva muitos médicos a decidirem não empreender. Às vezes parece que o mercado já estão muito saturado. Como conseguir se sobressair nesse mercado?

    • Rafael Américo
      6 de novembro

      Olá, Bruno! Realmente, a concorrência é grande. Mas, existem algumas estratégias que os ajudam a se manter relevantes no mercado. Uma delas é a adoção de um sistema de gestão. Você faz uso de um?

  • Caio Fertolozzi
    6 de novembro

    Quando tinha meu consultório, os problemas com as glosas eram muito complexos. Sentia que nunca sabia se eu estava no vermelho ou não

    • Rafael Américo
      6 de novembro

      Olá, Caio! De fato, a glosa é um dos maiores desafios de empreendedores na área da saúde. Entretanto, você sabia que a utilização de um sistema de gestão pode ajudar a diminuir esse índice em até 70%? Pode ser uma boa saída para se sair melhor nos negócios!

Deixe o seu comentário